terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Nuevo.

O tempo levou pra longe todas as memórias existentes nesta caixa. As cartas e as fotos não existem mais, bem como os emails e os papeis de bombons que você me trazia depois do trabalho para agradar meus dias exaustivos; o tempo levou pra bem longe tudo o que eu poderia ter de memória do que um dia foi eu e você, levou o tempo e o vento a capacidade de sentir sem sofrer, de sorrir sem saber o porquê.
Embora o tempo tenha levado tudo o que me parecia bom, ele me trouxe a capacidade de reconstruir a vida que eu tinha a partir do que eu sempre quis ter, ele me deu a capacidade de imaginar como vai ser tudo aquilo que nem ao menos é.
O presente me dá as notas para compor a minha mais nova canção.

Um comentário:

  1. E o presente também nos traz a vontade de querer continuar.

    Adorei! :*

    ResponderExcluir

Seguidores